Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 15/11/2018
29 de Agosto de 2018 - 09:15
FOGO CRUZADO
Manipulação petista

A pesquisa divulgada pelo Instituto Ibope, na última sexta-feira (24), apontando que em Mato Grosso, o criminoso julgado e condenado a 12 anos e um mês de cadeia, Luiz Inácio Lula da Silva, detém 40% de intenção de votos contra 23% de Jair Bolsonaro na disputa pela Presidência da República é mentirosa, e visa confundir o eleitor. Desde 2006, o PT não ganha uma eleição presidencial em Mato Grosso. Mesmo quando Lula comandava o esquema do Mensalão sem ninguém saber e desfrutava de grande popularidade, ele foi derrotado na eleição presidencial de 2006. Geraldo Alckmin obteve 54,82% dos votos e Lula 38,65%. Em 2010, os eleitores de Mato Grosso impuseram mais uma derrota ao PT. José Serra recebeu 51% dos votos e Dilma Rousseff 48%. No último pleito eleitoral, nova derrota do PT. Aécio Neves recebeu os votos de 54,67% dos eleitores e Dilma Rousseff, 45,33%. Esses resultados são oficiais e disponibilizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


O Ibope já divulgou também pesquisa, no mínimo, suspeita na eleição para prefeito de Sinop em 2004. Naquele ano, o instituto apontou que o então, candidato Baiano Filho estava com larga margem de intenção de votos em relação ao prefeito Nilson Leitão, que concorria à reeleição. Na amostragem, havia citação de bairros que não existiam em Sinop. A população sinopense desmascarou a mentira e reelegeu Nilson Leitão. E nas eleições de 2016 para prefeito de São Paulo? Datafolha e Ibope, até 10 dias antes do pleito, apontavam que o prefeito vitorioso no primeiro turno estava em 3º lugar. Agora, Ibope e Datafolha, novamente comprados pelo dinheiro roubado do PT via Mensalão e Petrolão, insistem em maquiar os resultados e inverter a tendência do voto dos eleitores de Mato Grosso e do Brasil. Até quando, vamos engolir as manipulações grosseiras dos coniventes da organização criminosa do PT que assaltou nossa nação e roubou a esperança de milhões de brasileiros.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player