Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 15/11/2018
05 de Setembro de 2018 - 07:01
FOGO CRUZADO
Bateu no teto

A prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, afirmou que, em decorrência dos consecutivos aumentos salariais concedidos aos funcionários públicos nas gestões anteriores e que não foram pagas, ocasionaram, agora, um rombo de R$ 50 milhões e aproximadamente 30% de reajuste salarial com as incorporações de valores obtidos via judicial. O limite prudencial está no teto máximo de 54% da arrecadação e, por esse fato, a administração está obrigado a cortar cargos comissionados e fazer outros cortes de gastos.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player