Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 21/02/2020
21 de Fevereiro de 2019 - 14:20
FOGO CRUZADO
A semelhança entre Dilma e Rosana

Causa-me espanto a prefeita de Sinop Rosana Martinelli (PR) afirmar que a sua desastrosa gestão é a melhor avaliada no Estado de Mato Grosso. Para embasar minha perplexidade vou elencar apenas quatro fatos envolvendo sua gestão. Caso fosse enumerar todos seria necessário a reedição do “Apocalipse”. Primeiro, a prefeitura de Sinop aderiu a uma ata licitatória da prefeitura de Sorriso para contratação de softwares para as escolas, “superfaturada” em relação ao preço de mercado. Segundo, a prefeita Rosana defendeu com unhas e dentes o pregão licitatório também “superfaturado”, destinado a alugar equipamentos de monitoramento e com firme propósito de penalizar a população sinopense.


Terceiro, Há poucos dias, a prefeita incumbiu o secretário de Governo José Pedro Serafini (Pedrinho) a anunciar o investimento de R$ 1,5 milhão destinados a pavimentar uma estrada que dá acesso a Brígida e que irá beneficiar menos de 10 famílias, um loteamento de um empresário amigo dela e a realização anual do Baile do Chopp. A prefeita para beneficiar seus “amigos” deixará de pavimentar a estrada que dá acesso a comunidade Adalgisa, com mais de mil moradores e rota dos caminhões da prefeitura e de particulares para levar entulhos até o lixão localizado nas imediações. Quarto, a prefeitura arrecada em torno de R$ 100 milhões em impostos municipais não presta contas de onde foi parar esta fortuna, e interfere nas votações do legislativo visando aprovação de encaminhamentos de financiamentos. Igual a ex-presidente Dilma, a prefeita Rosana se auto elogia e de forma duvidosa alardeia que sua gestão está em primeiro lugar no Estado. Desafio a prefeita provar com documentos a licitude de seus quatros atos acima enumerados, que ao meu ver, são ilícitos e contrários aos interesses públicos. Cabe Lembrar que a ex-presidente Dilma foi cassada pelas pedaladas. Em seus atos, a prefeita Rosana age com improbidade e irresponsabilidade, mandando para o ralo o dinheiro arrecadado da população de Sinop.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player