Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 13/12/2017
01 de Dezembro de 2017 - 10:07
SORRISO
Assinado termo de renovação para descentralização para serviços ambientais

Foi assinado na tarde de ontem (30), em Lucas do Rio Verde, o 1º Termo Aditivo do Termo de Cooperação Técnica n. 0484/2017/ SEMA/MT, firmado entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Sorriso. O documento, assinado pelo prefeito Ari Lafin e o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Carlos Henrique Fávaro, prorroga por mais dois anos os atendimentos da Prefeitura de Sorriso que descentralizam os serviços ambientais de baixa, média e alta complexidade. “Com a renovação do Termo de Cooperação conseguiremos dar mais celeridade aos processos que estão em análise na Prefeitura. Muitos deles dependiam da assinatura desse documento e agora conseguiremos atender todas as demandas do município. Agradeço o esforço do deputado estadual Dilceu Dal Bosco, dos deputados federais, Xuxu Dal Molin e Nilson Leitão, do secretário de estado, Carlos Fávaro, além dos membros do Sindicato Rural, Aces, CDL e Câmara de Vereadores que não mediram esforços para que essa renovação fosse efetivada”, declara o prefeito Ari Lafin.


A descentralização dos serviços ambientais inclui serviços de licenciamento, fiscalização e monitoramento das atividades ambientais de impacto de âmbito local. “Sorriso é o município referência em gestão ambiental no Estado. Agora estamos habilitados por mais dois anos para realizar a gestão ambiental com eficiência, facilitando principalmente a vida do cidadão, que não precisará ir à capital em busca dos serviços ambientais”, ressalta do secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente de Sorriso, Sardi Trevisol.


Sardi lembra que município fez investimentos na estruturação da Secretaria para que pudesse atender a demanda local de licenciamentos. Em média, os processos de licenciamento ambiental levam quase um ano para serem analisados pela Sema, que atende a demanda de todo o Mato Grosso. Com a descentralização, o tempo de espera para a liberação é reduzido pela metade. “Na prática, um empresário que queira investir no município e que, para isso tenha que obter a licença ambiental, não precisará mais se dirigir à sede da Sema, pois o Termo de Cooperação nos dá autonomia para que prestemos esse serviço na própria Prefeitura de Sorriso, pois temos uma equipe técnica capacitada para atender toda essa demanda”, frisa Sardi.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player