Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 18/06/2018
15 de Janeiro de 2018 - 15:18
ANUÁRIO
Excesso de velocidade é a infração mais registrada em 2016

Transitar em velocidade superior a máxima até 20% foi a infração de trânsito mais registrada no Estado em 2016. A informação é do 1º Anuário Estatístico de Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). De acordo com o estudo, 363.773 infrações desta natureza foram cometidas durante o período analisado. Em 2016, foram registradas 861.887 infrações de trânsito, entre grave, gravíssima, leve e média em Mato Grosso. Porém, foram as médias as mais cometidas pelos condutores no Estado, totalizando em 457.689 registros. Das categorias grave e gravíssima foram cometidas 230.106 e 146.284, respectivamente.



Transitar em velocidade superior à máxima permitida entre 20% e 50% também está entre as infrações mais registradas em 2016. Ao todo foram cometidos 106.652 infrações. Mas, não foi só o excesso de velocidade que puniu alguns motoristas no Estado. Deixar de usar o cinto segurança também aparece na lista, com 61.217 registros durante o ano analisado. Outros 27.207 registros foram em relação à infração de conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado. Ainda aparecem entre as infrações mais registradas em 2016: dirigir sem possuir sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com 21.857 registros; e dirigir veículo utilizando telefone celular, com 21.813 casos.


Anuário


O 1º Anuário do Estatístico de Trânsito é um documento técnico que compila dados e informações do trânsito no estado de Mato Grosso, retratando a atual situação do trânsito e todos os seus componentes em nível estadual. O documento traz ainda os dados da frota do nosso Estado, o número de habilitados por sexo, faixa etária e categoria, bem como o ranking de infrações mais cometidas no Estado. Acesse o material completo do Anuário aqui.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player