Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 19/09/2018
13 de Abril de 2018 - 15:09
SAÚDE
Servidores participam de capacitação sobre pré-exposição ao HIV

Servidores do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), de Sinop, participam nesta semana da Capacitação em profilaxia pré-exposição ao HIV (PREP), em Brasília. O treinamento é realizado pelo Ministério da Saúde, por meio do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das Infecções Sexualmente Transmissíveis, do HIV/Aids e das Hepatites Virais. A Profilaxia pré-exposição ao HIV (PREP) é o uso de antirretrovirais (ARV) para reduzir o risco de adquirir a infecção pelo HIV. A estratégia se mostrou eficaz em pessoas com risco aumentado de adquirir a infecção. Participaram da capacitação o ginecologista/obstetra Walter Esteves, coordenador do SAE, e a servidora Rosângela Braga. A equipe de Sinop foi convidada a participar do evento, já que o SAE do município possui indicadores de referência.


O que é PREP?


A PREP é uma prevenção à infecção pelo vírus. Diferente de uma vacina, ela não torna a pessoa que toma o medicamento imune ao HIV, mas evita que ele se instale no sistema sanguíneo. O remédio chamado truavada – uma combinação dos antirretrovirais tenofovir e emtricitabina – precisa ser tomado diariamente. O público prioritário para este tipo de profilaxia, segundo o Ministério da Saúde, compreende os homossexuais, homens que fazem sexo com outros homens, travestis e transexuais, profissionais do sexo e parceiros sorodiscordantes – quando um tem o vírus e o outro não. Para fazer a profilaxia, as pessoas que se expõe a situações de risco para o vírus precisam comprovar que não têm HIV, caso contrário devem iniciar o tratamento com coquetel antirretroviral. Uma vez que a PREP é iniciada, são necessários exames mensais de acompanhamento.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player