Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 21/11/2018
21 de Junho de 2018 - 14:11
FEIJÃO
Ministério lança plano para fomentar a produção de feijão e leguminosas secas

O Ministério da Agricultura lançou nesta quarta-feira (20/6) o Plano Nacional para o Desenvolvimento da Cadeia Produtiva do Feijão e Pulses, como são chamadas as leguminosas secas. Em nota, a pasta diz que as metas do plano são ampliar em 5 quilos per capita/ano o consumo de feijão no país e elevar a exportação de feijões, lentilha, grão de bico e ervilha em 500 mil toneladas anuais até 2028. O plano também prevê incrementar em 20% a produção de variedades diversificadas de pulses, para abastecimento dos mercados interno e externo.


O ministro Blairo Maggi, em viagem à Ásia em 2016, observou a demanda crescente da Ásia por grãos secos, o que inspirou a execução do plano. "Os principais desafios à implementação são aumentar a capacidade de armazenagem; compensar a oscilação de preços, reforçar a sanidade vegetal; estimular o processamento e a industrialização para agregar valor aos produtos e; maior assistência técnica e extensão rural (ATER) pois a maioria dos produtores são de pequeno e médio porte", diz a pasta na nota. A produção e o consumo de feijão no Brasil variaram pouco nos últimos 10 anos. Em 2011/2012 a produção era de 2,9 milhões de toneladas e na safra passada chegou a 3,3 milhões de toneladas. A exportação de feijões somava 36.164 toneladas em 2012, e, no ano passado chegou a 106.330 t.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player