Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 10/12/2018
19 de Julho de 2018 - 09:50
QUEIMADAS
Meio Ambiente: Brigadistas reforçam estrutura de combate às queimadas em Sinop

Brigadistas contratados pela Prefeitura de Sinop para atuar com prevenção e combate às queimadas nas áreas urbana e rural (inseridas no perímetro da cidade), apoiando as ações do Corpo de Bombeiros, começaram a trabalhar nesta semana. Os profissionais passaram por formações ministradas pelos militares, e, após seleção, foram contratados e colocados à disposição do município. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, seis atuarão na região urbana e um na Gleba Mercedes. "Estes brigadistas foram capacitados ela corporação dos Bombeiros. Também, já licitamos os caminhões que darão suporte ao Corpo de Bombeiros para o combate ao fogo", disse Luciane Bertinatto, secretária municipal de Meio Ambiente, em uma referência aos dois caminhões pipas que serão empregados para dar suporte neste período. Um dos equipamentos fica no Parque Florestal, enquanto o outro, no Batalhão dos Bombeiros, em Sinop. 


O início do trabalho dos brigadistas ocorreu um dia depois da vigência do período proibitivo para queimadas na área rural em Mato Grosso, isto é, 15 de julho. No dia 16, os profissionais já estavam atuando. "Esse trabalho todo não seria possível de se fazer sem o Corpo de Bombeiros", reforçou Bertinatto, em uma referência à parceria com a instituição militar. Conforme lembra o capitão BM Fernando Rodrigues Neto, do 4º Batalhão dos Bombeiros, a atuação de brigadistas e o Corpo de Bombeiros ocorre por meio duas parcerias: o projeto Paranka e a Brigada Municipal Mista. O primeiro, com ações previstas para a cidade e, o segundo, na Gleba Mercedes V.Conforme a instituição, no período crítico o Corpo de Bombeiros atuará no atendimento a ocorrências de duas naturezas: as que ofereçam riscos ao patrimônio e à vida e, outros, em áreas verdes. No entanto, em situações simultâneas, a instituição deve priorizar aqueles casos que ameacem a vida do cidadão e o patrimônio.


Período Proibitivo


A restrição de uso do fogo para fins de manejo teve início no dia 15 desse mês e segue até o dia 15 de outubro, podendo ser prorrogada de acordo com a condição climática. Durante este intervalo, o uso do fogo em áreas rurais fica proibido. Já nas cidades, as queimadas urbanas são proibidas durante o ano todo. 


No núcleo urbano de Sinop, lembra a secretária Luciane Bertinatto, proprietários de terrenos baldios ou chácaras sem conservação onde ocorrerem queimada serão multados, mesmo sem serem considerados os causadores do fogo. De acordo com a Lei Complementar 116/2015, a queimada de até 100 metros quadrados em terrenos urbanos pode acarretar em multa de R$ 193,50 ao dono do imóvel. Em áreas superiores a 100 metros, o valor é calculado em R$ 1,93 para cada metro quadrado. Já nas chácaras e propriedades rurais, passa de R$ 1,9 mil (R$ 1.935,00) por hectare. 

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player