Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 11/12/2018
12 de Novembro de 2018 - 15:54
EDUCAÇÃO
Secretaria realiza rematrícula de alunos da rede municipal para 2019

A Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (S.M.E.E.C) realiza, neste mês de novembro, a rematrícula dos mais de 16 mil estudantes que frequentam as escolas municipais. O trâmite é voltado, apenas, a estas crianças e adolescentes que já possuem vínculo com a Rede, não abrangendo novos estudantes. Para estes haverá um calendário próprio, mas em data futura. Nesta etapa considerada interna, os pais e/ou responsáveis devem confirmar, às instituições municipais de ensino, o interesse em manter as crianças tanto nas creches quanto nas escolas que ofertam o Ensino Fundamental. Igualmente, solicitar transferências entre os estabelecimentos, ou, mesmo, mudança de turno (matutino ou vespertino). O primeiro passo é responder todos os comunicados que estão sendo enviados pelas escolas às famílias.


Como explica a secretária municipal de Educação, Esporte e Cultura, Veridiana Paganotti, o período de rematrícula é crucial para que o município dimensione-se em termos de atendimento, saiba quais famílias têm interesse em mudar os filhos de escolas da Rede. Mas o principal, segundo a gestora, é que a etapa assegura a vaga interna para o próximo ano letivo. Isto porque quando o pai deixa de prestar alguma informação solicitada pela escola/secretaria, não informando sobre a permanência do filho na Rede, a mesma vaga pode ser disponibilizada para o público externo. “Primeiramente, a vaga é para cada um que já está estudando. Acabou o período de rematrícula vamos saber quantas vagas sobraram em cada unidade e abriremos, novamente, o período de matrículas para a comunidade geral. Além disso, é importante garantir a rematrícula e dizer que se quer que o filho permaneça na escola, no mesmo horário. Por quê? Porque outros pais querem transferir os filhos de horário”, salienta Veridiana Paganotti.


No caso de estudantes da Rede municipal que frequentam aqueles últimos anos ofertados pelo município e, em 2019, passarão para o Estado, a S.M.E.E.C. também orienta seus responsáveis que não deixem de responder aos bilhetes/comunicados. A prestação das informações é importante para que, mais tarde e em conjunto com o Estado, construa-se o dimensionamento de alunos entre as Redes. "Por exemplo: um estudante do sexto ano da Rede Municipal e que vai para o sétimo ano no Estado em 2019. Estão sendo enviados bilhetes das escolas [municipais] mostrando o dimensionamento da rede, opções de escolas [estaduais]. O pai cita um nome e, munidos com esse documento, nós, da Rede municipal, temos um dia com os diretores da Rede estadual no qual fazemos a troca das listas. Ou seja, os alunos que irão migrar. Para o aluno do município nós garantimos a vaga no Estado, mas, somente, até o dia da matrícula naquela nova escola estadual. Não garantimos o horário, pois o pai que tem que se dispor até a escola estadual”, explicou Paganotti. Por isso é importante também estar atento aos prazos e datas estipulados no calendário estadual.


Sinop conta com 38 unidades municipais de ensino, atendendo desde a Educação Infantil até o 8º ano do Ensino Fundamental. O período de rematrícula dos estudantes das escolas municipais encerra neste mês de novembro.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player