Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 20/07/2019
17 de Abril de 2019 - 16:22
ORIENTAÇÃO
Procon percorre comércio de chocolates de Sinop

O Órgão de Defesa do Consumidor (Procon-Sinop) esteve hoje pela manhã, terça-feira, 16, em uma caminhada pelo comércio local a fim de levar orientação sobre as vendas no período de páscoa. De acordo com a diretora, Juliana Torres Baptista, a visita orientativa é específica nas lojas que comercializam ovos de páscoa e produtos de chocolate. “Estamos levando orientação sobre a disposição do Código de Defesa do Consumidor, sobre a disposição das tabelas de preços, sobre a diferenciação das formas de pagamento, prazos de validade, embalagem e tudo o que venha a ferir o direito do consumidor”, explica lembrando que o fornecedor bem informado trabalha de forma correta aumentando, assim, a satisfação do cliente o que, automaticamente, evita reclamação.


Marlon Menegatti, que no primeiro momento mostrou-se surpreso com a visita, disse que a ação levou mais credibilidade à sua loja que comercializa vinhos e chocolates do Sul.  “Eu agradeço todo o contato que eles venham a ter conosco no dia a dia porque isso nos ajuda a melhorar a cada dia em realmente fazer a coisa certa e evitar qualquer problema no futuro. A visita é muito importante, se for feita mais vezes é melhor ainda”, ressalta ao apontar a questão do pagamento, de ter o preço em destaque, entre outras questões.


Assim como a Associação Comercial e Empresarial de Sinop (ACES), sempre apoiando as ações orientativas ao comércio, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) acompanhou as visitas e aprovou, mais uma vez, a atitude do Órgão. “A CDL fica muito grata em todos os anos fazer parceria com o Procon nessas ações junto aos empresários. É muito importante o empresário ter conhecimento do Código de Defesa do Consumidor, atender às normas para melhor estar atendendo o seu cliente e não ter problemas, aí, nessa véspera de Páscoa aonde, realmente, aumenta as vendas e tem bastante demanda”, declara a gerente Vanusa Iris. Sobre ter o Órgão regulador e a entidade representativa do comércio ao alcance, ela aponta que isso leva maior segurança para o empresário. “É importante ele ter conhecimento de todas as normas, ter a questão dos preços bem exemplificados para o consumidor para não ter essas dúvidas, não ter esses problemas na hora de estar fechando as suas vendas”.


Em sua maioria, as lojas visitadas não apresentaram nenhuma irregularidade e continuaram suas vendas normalmente. No entanto, em alguns outros poucos comércios foram notificados por apresentarem produtos danificados, embalagens violadas e sem preço. Outras ações orientativas também são desenvolvidas, pelo Órgão, junto ao comércio local. “Nós procuramos fazer palestras para o consumidor trabalhando em ações itinerantes, como na Gleba Mercedes e nas escolas e CRAS, assim como orientação para o fornecedor, como fizemos assim que inaugurou o Carandá Shopping, que reúne, pelo menos, 70 comércios”, ilustra a diretora ao revelar que já está em formatação uma campanha (mães, consumidoras conscientes) voltada para o dia das mães, outra data de movimentação e aquecimento do comércio.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player