Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 23/02/2020
24 de Janeiro de 2020 - 13:43
SINOP SEM DENGUE
Donos de imóveis fechados podem solicitar vistoria a Centro de Endemias

Donos de imóveis localizados em bairros por onde a força tarefa contra a dengue da Prefeitura de Sinop já passou, mas ficaram fora das ações de vistoria por estarem fechados, poderão solicitar ao município nova averiguação. Na primeira semana de mobilização do mutirão contra a dengue, pelo menos 40% dos quintais do bairro Jardim Violetas deixaram de receber a visita dos agentes públicos, seja por estarem fechados ou mesmo a recusa do morador em abrir as portas. Para demandar a visita do grupo de trabalho, basta realizar a solicitação via aplicativo Se Liga Sinop e que pode ser baixado diretamente nas lojas de aplicativos dos telefones celulares, de forma gratuita. É possível, também, acessar diretamente o site www.seligasinop.com.br. Uma vez com o cadastro realizado, basta seguir as instruções.


Já com o login feito, deve-se acessar a opção "Aedes aegypti" para ser direcionado ao próximo campo. Na área de "endereço", o cidadão deve digitar o local para o qual deseja a vistoria. Em "descrição", pode-se repetir o endereço, o nome do responsável pelo imóvel, telefone para contato e período mais apropriado para a vistoria do agente de endemias. Entre a segunda-feira (20) e a quinta-feira (23), as equipes da força tarefa atuaram no Jardim das Oliveiras, Boa Esperança, Nações, Daury Riva, Alto da Glória, Umuarama 2, São Cristóvão, Nossa Senhora Aparecida, Vitória Régia, Jacarandás, Lisboa e Jardim Primaveras. Pelo menos 4.108 imóveis foram trabalhados/vistoriados; 2.192 estavam fechados. Em 92 imóveis foram encontrados e eliminados focos do mosquito. Em 32 ocorreram o tratamento com larvicidas.


Dengue em números


Do dia 01 ao dia 20 de janeiro de 2020, o município registrou 419 casos de dengue; desses, 14 tiveram sinais de alarme e quatro foram graves. E, ainda, foi confirmado um óbito por causa da doença. O cenário apresenta mais de 900% no aumento de casos registrados durante todo o mês de janeiro de 2019, no qual teve 41 casos confirmados.

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player