Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 27/09/2020
10 de Março de 2020 - 15:51
FORÇA-TAREFA
Casos confirmados de dengue já começam a reduzir em Sinop

As ações de combate à dengue realizadas pela Prefeitura de Sinop já apresentam resultados positivos no tocante aos casos confirmados e suas reduções. Conforme dados fornecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a queda chegou a 14.83% entre os meses de janeiro e fevereiro. 134 pacientes a menos contraíram a doença. Segundo os registros, no primeiro mês do ano contabilizavam-se 903 confirmações para a dengue. Destes, 36 apresentavam sinais de alarme e oito considerados casos graves. Três mortes foram registradas em janeiro. Duas receberam diagnóstico confirmatório e uma está sendo investigada. Já em fevereiro, conforme a SMS, o total de casos confirmados recuou para 769, e, destes, 19 com sinais de alarme e quatro pacientes ficaram em estado grave. O mês não contabilizou óbito. Nos últimos trinta dias, houve reflexo e melhora nos atendimentos de pacientes na UPA 24h, chegando a ser zerado, ou seja, sem pacientes aguardando consultas em horários considerados de grande fluxo, como na noite de sábado (22/02).


Para a prefeita Rosana Martinelli, os números menores de casos confirmados são motivo de confirmação. No entanto, permanece o alerta para que, na luta contra a dengue, eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti seja prioridade. “Sabemos que esta redução sentida sobre o número de casos deriva de um trabalho intenso que estamos realizando conjuntamente com a sociedade e as entidades diversas que têm nos apoiado. Entretanto, é preciso manter-se em constante estágio de atenção, pois não podemos relaxar nesta luta contra a dengue”, asseverou. Conforme o secretário municipal de Saúde, Kristian Barros, a cada vida salva o motivo é de muita alegria, mas o combate deve continuar. “Ainda temos muito trabalho pela frente para conseguir eliminar de vez essa doença do nosso município. Precisamos nos unir cada vez mais para não dar chance do mosquito nascer. Se a população parar de agir os números vão retroceder e todo trabalho e empenho das equipes que estão atuando incansavelmente neste combate será em vão” alerta o secretário.


As ações emergenciais de enfrentamento à dengue iniciaram em 13 de janeiro, sob determinação da prefeita Rosana Martinelli. Desde então, uma série de ações passou a ser desenvolvida pela Prefeitura e suas secretarias como forma atacar o problema. Entre elas listam-se mutirões de limpeza (90 bairros vistoriados até fevereiro), visitas em residências para fins de averiguação/fiscalização, emissão de multas àqueles moradores em cujos imóveis forem identificados larvas do Aedes aegypti. Com o apoio da comunidade, também foram realizados mutirões comunitários em diferentes bairros. A Prefeitura disponibilizou caçambas para depósito de materiais que acumulam água e, por sua vez, os moradores se organizaram na limpeza de terrenos.


O coordenador do Centro de Endemias, Jorge Bevilaqua, afirma que a mobilização Sinop sem dengue continua por tempo indeterminado com as visitas domiciliares, coleta de lixo com os caminhões caçambas e nebulização com inseticida. “Não vamos parar por aqui, estamos todos muito felizes pelos resultados, mas não é o suficiente. Reforço que precisamos do apoio da comunidade, todos juntos iremos fazer um trabalho maravilhoso”, enfatiza. Ao todo, 46.968 residências receberam a visita dos Agentes de Combate a Endemias. De acordo com o relatório fornecido pela Sala de Emergência, em 1.355 imóveis foram encontrados focos do mosquito e em 1.087 houve o tratamento com larvicida.


E, por conta dos 16.774 imóveis que estavam fechados durante a ação, a Prefeitura de Sinop com o apoio da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, retornou aos bairros já vistoriados, em horário diferenciado, de segunda-feira a sexta-feira, das 11h às 13h e aos sábados, das 8h às 17h para vistoriar essas residências. Em duas semanas, a operação já resultou em aproximadamente mil casas recuperadas e 71 criadouros eliminados. Outro trabalho implantado é o monitoramento com drones para a verificação de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti nas coberturas das empresas e residências compreendidas da Avenida dos Jacarandás a Avenida das Itaúbas e da Avenida das Figueiras a Avenida das Embaúbas (quadrilátero central).


Atendimento médico


Para que os cidadãos recebessem toda a assistência medica com rapidez e qualidade, a prefeita determinou que sete Unidades Básicas de Saúde estendessem seus horários até as 22h. A ação obteve uma boa resolutividade e desafogou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Após 30 dias desta estratégia o fluxo de pessoas procurando os postos diminuiu e, atualmente, se mantém em funcionamento diferenciado as unidades Maria Vindilina II, Primaveras e Violetas, que atendem de segunda-feira a sexta-feira, das 7h às 22h. O atendimento ao público com suspeita de dengue está sendo de forma contínua, em livre demanda, com coleta e resultados de exames na própria unidade e, se houver a necessidade, o paciente já recebe, no posto a hidratação com soro.


Outras ações


As limpezas de áreas públicas institucionais sob sua responsabilidade das secretarias de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico já foram realizadas em 90% do município, além das multas emitidas para proprietários de terrenos particulares que estão sujos. As equipes da Secretaria de Obra têm mantido uma média de 25 bocas de lobo limpas por mês, troca de mais de 60 tampas de bueiros que estavam quebradas, e recolhimento de todo o lixo e entulhos descartados irregularmente nos valetões. Os canais de denúncias, também, não param. Somente pelo aplicativo Se Liga Sinop foram recebidas, neste período, 1.292 ocorrências. Em caso de terrenos particulares, o município atuará de forma intensiva, apoiado na lei municipal que estabelece as condutas e diretrizes de meio ambiente, prevendo penalidades em caso de sujeira.


Assessoria de imprensa

Mais notícias
As mais lidas

Prefeitura Sinop - Desenvolvimento Econômico

Prefeitura de Sinop

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player