Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 29/05/2020
02 de Abril de 2020 - 15:46
DECISÃO
Seguindo decreto estadual, Vera manterá atividades escolares suspensas até 30 de abril

A Prefeitura Municipal de Vera através da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto, aderiu ao Decreto 432 de 31 de março do Governo do Estado que mantém as aulas suspensas até 30 de abril. Em Vera continuam suspensas as aulas nas Escolas Municipais, nos CMEIS (Centros Municipais de Educação Infantil), no Departamento de Cultura e no de Esportes. A ação é uma medida preventiva e protetiva à proliferação do coronavírus (convid-19). A secretária de Educação, Cultura e Desporto Cecília Gabriela Moraes, falou um pouco a respeito da adesão. “Conforme o Decreto do Governador do Estado publicado dia 31 de março. Estivemos reunidos com o toda a equipe da Administração Municipal, tanto jurídico, área administrativa e de saúde para tomarmos esta decisão de seguir a determinação do decreto. E acatamos tendo em vista a segurança e a saúde dos alunos e dos profissionais da educação. Todos estarão com as atividades suspensas no mês de abril, às escolas municipais, CMEIS e os departamentos de cultura e esportes”, ressaltou a secretária.


Gabriela explicou ainda como ficará a questão das aulas após o retorno. “Vamos reorganizar o calendário escolar. Já tivemos algumas reuniões e recebido orientações em relação à forma como isso vai ocorrer, e quais são as possibilidades. O que é legal e o que é viável para o município. Quero deixar esclarecido para os pais que muito tem se falado em educação à distância, porém ela não é recomendada para os anos iniciais para a educação infantil não é permitido. E também precisamos ver a estrutura das escolas. E no nosso município nós temos praticamente 50% dos alunos matriculados residindo no campo na área rural. Então essa é a nossa grande dificuldade na oferta da educação à distância, por isso não fizemos nenhuma atividade neste período até porque estávamos cumprindo o período de quarentena. Então no começo das aulas quando isso ocorrer é que vamos reorganizar as atividades e estudar quais são as melhores maneiras. E hoje existe uma recomendação do Conselho Nacional de Educação e do Ministério da Educação para que flexibilize os 200 dias letivos sendo que se aumenta a carga horário diária de estudos no horário em que os alunos permanecem na escola. É uma questão que precisamos pensar, refletir e ver as condições que temos”, concluiu a Cecília.


Dieny Vieira I Assessoria

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player