Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 29/05/2020
07 de Abril de 2020 - 15:00
VERA
Contribuintes podem doar até 3% do imposto de renda para o Fundo da Criança

Devido à situação de pandemia em que vivemos muitos contribuintes ainda não realizaram a declaração do imposto de renda, mediante a isso o Governo prorrogou o prazo final para fazer a declaração para 30 de junho. Muitos contribuintes não têm o conhecimento de que podem realizar a doação de até 3% do seu imposto de renda que ficaria para o Governo para o Fundo da Criança e do Adolescente de Vera. Todo valor doado cai diretamente na conta do Fundo que é gerido pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, as doações se tornam ações voltadas para este público alvo que muitas vezes estão em situação de risco ou vulnerabilidade social.


A Assistente Social e Presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Vera Roseneide Josefa de Araújo, explicou sobre como os contribuintes verenses podem realizar a doação. “A pessoa física pode fazer a doação agora na declaração do imposto de renda doando até 3% do valor devido. E as empresas que são optantes pelo lucro real podem doar até 1% também do imposto. Essas doações tanto de pessoa física quanto jurídica podem ser feitas durante o exercício através de depósitos na conta do fundo municipal. Mas o nosso foco agora são as pessoas físicas que estão entregando a declaração. Realizar a doação é muito simples a maioria das pessoas já procura seu contador para realizar a declaração do imposto e eles mesmos podem realizar a doação”, destacou.


O Fundo da Criança e do Adolescente é uma conta que o Município cadastra e passa a aparecer no programa da Receita Federal. Ele permite que quando as pessoas, empresas ou contadores vão realizar a declaração do imposto de renda façam a doação. O Fundo foi instituído em 2019 em Vera. Após as doações serem realizadas será feita uma lista com os doadores que será apresentada para a Receita Federal.  E as ações que serão feitos através do Fundo serão aprovados pelo Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e ao serem executados serão também fiscalizados pelo Ministério Público. Roseneide ressaltou ainda que quem tiver qualquer dúvida pode procurá-la no CRAS de Vera para que as dúvidas sejam sanadas.


Dieny Vieira I Assessoria

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player