Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 12/08/2020
13 de Julho de 2020 - 13:52
DESENVOLVIMENTO
Sicredi Conecta é alternativa para compra e venda na internet

Para apoiar a Economia Local o Sicredi conta com o apoio de uma importante ferramenta, o Sicredi Conecta. A plataforma funciona como uma loja virtual, onde o associado apresenta os seus produtos e serviços, por meio de anúncios, criando uma espécie de vitrine, e assim amplia o alcance do seu negócio. É uma ferramenta colaborativa que tangibiliza e operacionaliza o mote do movimento realizado pelo Sicredi e entidades parceiras, intitulado Eu Coopero com a Economia Local, que visa fomentar os pequenos negócios e a economia dos municípios, conectando empresas e consumidores locais. Em um ambiente virtual seguro e sem custos, o aplicativo destinado aos associados do Sicredi permite a venda e a compra de produtos e serviços nos setores do comércio, prestação de serviços e no agro. O objetivo é oferecer aos cooperados mais um canal para realização de negócios, que pode ser usado tanto por aqueles que já trabalham no e-commerce quanto por aqueles que ainda não entraram no universo online. 


O Sicredi desenvolve soluções e ferramentas para ajudar os associados a aumentarem as vendas e facilitar a vida de quem precisa de fornecedores nas mais diferentes áreas, especialmente os pequenos empreendedores, que acreditavam que o comércio eletrônico era um recurso bem distante da sua realidade. “Como instituição financeira cooperativa, temos como um dos nossos principais objetivos apoiar e ajudar no desenvolvimento das regiões onde atuamos. Com isso, o Conecta foi criado para ser uma ferramenta de apoio aos negócios locais, facilitando a compra e venda pela internet entre nossos associados, e materializando ainda mais o espírito de cooperação que está na nossa essência”, comenta o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Central Sicredi Centro Norte, Ezio Almeida.


O comércio eletrônico é um ambiente que registra cada vez mais adeptos no país e em Mato Grosso. Dados do Compre&Confie, movimento de inteligência de mercado que disponibiliza ferramenta para consultar à reputação e avaliação de lojas online, apontam que o e-commerce mato-grossenses faturou R$ 736,5 milhões em 2019, crescimento de 2,5% em relação ao ano anterior. Foram 1,3 milhão de pedidos, com um tíquete médio de R$ 545,80. No primeiro trimestre deste ano, o faturamento foi de R$ 199 milhões, alta de 15,8% frente a igual intervalo de 2019. A quantidade de pedidos saltou 22%, somando 375,6 mil, mas o tíquete médio teve leve queda, para R$ 529,70.


Com as vendas online cada vez mais presentes no dia a dia dos consumidores e das empresas, o Conecta chega como uma nova ferramenta a favor dos associados. Oferece comodidade e segurança. Para usar, basta o associado cadastrar o perfil do negócio e criar a vitrine virtual. Pode gerenciar os anúncios, as vendas e trocar mensagens com os compradores para combinar a forma de pagamento e a entrega. Para quem está à procura de algo é fácil. É só navegar na página inicial ou utilizar o filtro para pesquisar o produto ou serviço de interesse. Entre as facilidades está a forma de pagamento. Como os negócios são realizados entre associados do Sicredi, a transferência entre contas é uma maneira rápida e segura.


No site do Conecta (Sicredi.com.br/conecta) está disponível um conteúdo criado especialmente para os compradores e vendedores. Na lista estão tutoriais e dicas para os usuários aprenderem a tirar boas fotos para sua vitrine virtual, como vender pelas redes sociais, entre outras. O Sicredi Conecta é um aplicativo gratuito, que pode ser baixado nas lojas de aplicativo App Store e Google Play. A iniciativa faz parte do processo de transformação digital do Sicredi e busca proporcionar autonomia e agilidade para quem tem interesse em fazer negócios pela internet. Em Mato Grosso, Pará, Rondônia e Acre o Sicredi realiza uma grande campanha para divulgação da plataforma, o que ampliará a divulgação dos produtos e serviços ofertados no aplicativo pelos associados.


Assessoria

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player