Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 07/08/2020
13 de Julho de 2020 - 14:15
BALANÇO
Mato Grosso registra redução nos índices criminais de janeiro a maio de 2020

Mato Grosso fechou o período de janeiro a maio de 2020 com redução nos principais índices criminais relacionados a homicídio doloso, latrocínio (roubo seguido de morte), roubos totais, furtos totais, furtos de veículos e tráfico/uso de drogas em relação ao mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, os índices de roubo seguido de morte reduziram 44%, roubos totais em 23% e furtos totais, 26%. Mesmo com o período de pandemia pelo novo coronavírus desde março, os números apresentam considerável diminuição. Os dados são fornecidos pela Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), com base em ocorrências registradas pela Polícia Militar (PM-MT) e Polícia Judiciária Civil (PJC-MT) no Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP).


Em cinco meses foram registrados 14 crimes de latrocínio, 11 a menos que no mesmo período do ano anterior, em que foram registrados 25 casos. Os registros de roubos (quando há ameaças ou violência) somaram 4.940 em 2020. No mesmo período do ano passado os registros somaram 6.377 ocorrências. Os dados de furtos neste ano somam 14.610, enquanto no mesmo período do ano passado foram 19.671. Os crimes de roubos e furtos de veículos também apresentaram quedas. A redução é de 29% no percentual de roubos e 23% no percentual de furto. Nesses cinco meses, 691 veículos foram roubados, já em 2019, foram 976. De janeiro a maio de 2020, 860 veículos foram furtados, enquanto no mesmo período de 2019 foram 1.123. As reduções nos percentuais dos crimes de tráfico e uso de drogas são de 19%. Foram registradas 2.491 ocorrências, enquanto no mesmo período de 2019 foram 3.070. O crime de homicídio doloso também teve uma diminuição de 1,4%, com 346 registros, cinco a menos que no ano passado.


Trabalho Integrado


O secretário adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel PM Victor Fortes, essa diminuição é atribuída à gestão da Secretaria de Segurança Pública desde 2019. “Ano passado já tivemos uma redução e esse ano nos primeiros cinco meses a gente essa queda dos números em relação ao ano passado. Importante ressaltar que ano passado esses números já tiveram redução”.


O secretário atribui o êxito ao trabalho incansável de todos os profissionais da Segurança Pública. “A gestão da Sesp faz o controle dos índices criminais semanalmente e quando qualquer crime ou região foge da meta estabelecida, é feito um trabalho integrado para que a gente possa retomar os números e manter a redução”. “A ideia da Secretaria é manter esse trabalho, manter as ações policiais, operações integradas e a rotina de planejamento, além das atividades pontuais que cada instituição realiza dentro da sua competência”. O coronel Fortes ressalta ainda que, por se tratar de serviços essenciais, a Polícia Militar (PM-MT), Polícia Judiciária Civil (PJC), Corpo de Bombeiro Militar (CBM-MT) e Politec continuam com as atividades e as ações integradas de segurança em todo o estado durante o período de pandemia da Covid-19.


Letícia Corrêa | Sesp/MT

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player