Seja bem vindo ao Celeiro do Norte, Sinop/MT, 02/12/2020
20 de Agosto de 2020 - 09:25
INFRAESTRUTURA
Governo de Mato Grosso intensifica ritmo de obras rodoviárias no período de seca

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), está aproveitando o período de seca em Mato Grosso para intensificar o ritmo da execução de obras rodoviárias, que estão em andamento em todas as regiões do Estado. De acordo com o engenheiro civil Alexandre Zigoski, superintendente de Execução e Fiscalização de Obras II da Sinfra, o clima é um item que influencia totalmente no andamento e na qualidade das obras de infraestrutura. Por isso, tradicionalmente em Mato Grosso esse período de seca é muito importante para quem lida com execução de obras.


O intervalo entre os meses de julho a outubro é considerado uma “janela” de trabalho para a execução de obras rodoviárias, pois é possível realizar serviços de terraplenagem e pavimentação que não poderiam ser executados sob fortes chuvas. Segundo ele, a umidade, em muitos casos, atrapalha o desempenho e o cronograma desses tipos de obras. “Nesta época em que estamos é quando conseguimos pavimentar e fazer os serviços de restauração pesado nas rodovias. É quando normalmente trabalhamos com maior intensidade”, explicou o superintendente.


Atualmente, o Governo do Estado executa mais de 100 obras rodoviárias em Mato Grosso, que vão desde restauração, revitalização e pavimentação de rodovias, além da construção de pontes, cuja execução é mais propícia para ser realizada neste período em razão da diminuição do nível das águas dos rios. A ponte sobre o Rio das Mortes, localizada na MT-326, entre Cocalinho e Nova Nazaré, é um exemplo de obra que só é possível iniciar no período de seca devido a sua grande extensão – com 483 metros – e à necessidade de executar os serviços de fundação no meio do rio.


A fundação é a parte da construção que suporta o peso e mantém fixa e nivelada a estrutura da ponte no terreno – e como a ponte será a maior ponte de concreto já construída em Mato Grosso, o serviço é mais difícil e demorado, de acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira. “Esse é o momento apropriado para que possamos fazer as fundações no meio do rio. Serão feitas as fundações mais profundas para que, no ano que vem, possamos tentar a conclusão dessa obra até dezembro”, afirmou o secretário. Assim como a ponte sobre o Rio das Mortes, todas as outras obras em andamento no Estado estão com o ritmo de execução intensificado para que, assim que se encerrar o período de seca, as equipes de trabalho se concentrem nos serviços de manutenção e drenagem, além de aplicação de capa asfáltica nas rodovias, possíveis de serem realizados no período chuvoso.


Karine Miranda | Sinfra-MT

Mais notícias

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player